FAQ do programador de extra

Desenvolvendo um extra

Como construo um Extra?

A Mozilla fornece documentação sobre como construir um extra na Rede de Programadores da Mozilla.

Outros recursos incluem:

Quais ferramentas eu preciso para poder criar um extra?

Você precisará de uma versão da aplicação Mozilla para a qual você está criando um extra e um editor de código da sua escolha. Extras podem ser criados para quase todas as aplicações baseadas na tecnologia Mozilla, mas o foco primário é:

Editores de código populares incluem:

Pode saber mais sobre como configurar o seu ambiente de desenvolvimento através do artigo da MDN Configurar o ambiente de desenvolvimento de extensões

O que é um arquivo ".xpi"?

Extensões são empacotadas e distribuídas em arquivos ZIP com a extensão XPI.

O que é XUL?

XUL (XML User Interface Language, linguagem de interface XML) é uma linguagem da Mozilla baseada em XML que permite construir interfaces ricas compatíveis com diversas aplicações multiplataforma. Ela oferece widgets de interface como botões, barras de ferramentas, árvores, entre outros, que podem ser usados para melhorar os extras modificando partes da interface do navegador.

Para que serve o arquivo "install.rdf"?

Este ficheiro, denominado por manifesto de instalação, é utilizado por aplicações de gestão de extras baseados em XUL para obter informações sobre um extra enquanto este é instalado. Contem meta-dados que identificam o extra, fornecendo informação sobre quem o criou, onde pode ser encontrada mais informação sobre ele, com que versões e aplicações é compatível, como deve ser atualizado, etc. O formato do manifesto de instalação é RDF/XML.

O que significa "maxVersion"?

Essa propriedade determina a versão máxima do Firefox com a qual você afirma que seu extra vai funcionar. Defina um valor que não seja maior que a versão mais recente atualmente!

O meu extra pode conter componentes binários?

Sim. Você pode usar o XPCOM, modelo de componentes e objetos da Mozilla, para melhorar seus extras. Os componentes XPCOM podem ser usados e implementados em Javascript, Java e Python, além de C++.

Eu posso usar uma biblioteca JavaScript como jQuery, MooTools ou Prototype para criar meu extra?

Sim, é possível, mas algumas das funcionalidades fornecidas por estas bibliotecas estão disponíveis através do XPCOM, XUL e JavaScript. Para além disto, os autores devem ter em atenção se as bibliotecas modificam protótipos de objetos primitivos (String.prototype, Date.prototype, etc.) e/ou definem funções globais (por exemplo, a função $). Estas são propícias a causar conflitos com outros extras, em particular, se diferentes extras utilizam versões diferentes das bibliotecas e assim por diante. Os programadores devem ser muito cuidadosos quando as utilizam. A Mozilla não fornece documentação sobre como as utilizar para construir extras.

Como depuro o meu extra?

Pode utilizar o Depurador de Extras.

Como eu posso testar a compatibilidade com as versões mais recentes dos aplicativos Mozilla?

Para garantir a compatibilidade com as últimas versões do software da Mozilla, é importante descarregar atualizações assim que estas são disponibilizadas e testar o seu extra para garantir que ainda funciona como esperado. Em muitos casos a última versão do software da Mozilla pode ser um lançamento beta. Dado que estes lançamentos podem por vezes apresentar alterações arquiteturais, que podem ter impacto na funcionalidade do seu extra, é importante estar envolvido ativamente no processo beta para garantir que os utilizadores do seu extra não são negativamente afetados após o lançamento do software da Mozilla.

Como melhorar o desempenho do meu extra?

Extensões mal escritas podem ter um impacto significativo na experiência de navegação, incluindo na performance geral do próprio Firefox. A página seguinte contém guias muito bons que podem ajudá-lo a melhorar o desempenho, quer esteja a desenvolver código central para a Mozilla ou um extra.

O meu extra pode suportar mais de um idioma?

Sim. Detalhes sobre como traduzir o seu extra podem ser encontrados na página de Tradução da Central de Programadores da Mozilla. O projeto BabelZilla é também um ótimo recurso para saber mais sobre tradução e contribuir com a tradução de extras.

Recursos de Suporte

Eu preciso de dicas para criar meu extra. Onde eu posso encontrar ajuda?

A Mozilla oferece serviços de desenvolvimento?

Não.

Existem outros programadores que posso contratar para construirem o meu extra?

Sim. Pode encontrar outros programadores através do fórum de Extras, lista mozilla.jobs, fóruns mozillaZine ou na Wiki da Mozilla. Tenha em consideração que a Mozilla não fornece recomendações para programadores.

Colaborando com o seu extra

Posso alojar o meu próprio extra?

Sim. Muitos programadores optam por alojar os seus próprios extras. No entanto, ao optar por alojar o seu extra no site de extras da Mozilla fornece uma exposição muito maior ao seu extra devido ao elevado número de visitantes ao site. mozdev.org oferece alojamento gratuito de projetos para aplicações e extensões da Mozilla fornecendo ferramentas aos programadores para ajudar na gestão de código-fonte, versões, gestão de bugs e documentação.

A Mozilla pode hospedar o meu extra?

Sim. O seu extra pode ser hospedado no site Mozilla Add-ons.

O que é AMO?

O AMO da Mozilla (https://addons.mozilla.org) é a incubadora que ajuda os programadores a construir, distribuir e suportar produtos fantásticos de consumo potenciados pela Mozilla. Fornece as ferramentas e infraestrutura necessária para gerir, alojar e expor o seu extra a uma base massiva de utilizadores Mozilla.

A Mozilla mantém em segredo as informações da minha conta?

Sim. Nossa Política de privacidade descreve como suas informações são gerenciadas pela Mozilla.

O que são as "ferramentas do programador" listadas no AMO?

A página "Meus extras" é a área que oferece ferramentas para gerenciar seus extras. Ele fornece as funcionalidades necessárias para enviar seu extra para o AMO, gerenciar as informações do extra e acompanhar estatísticas.

A Mozilla possui uma política em vigor que descreva os critérios de envio de extras?

Sim. A política de extras da Mozilla descreve o que é uma submissão aceitável. Esta política pode ser alterada sem aviso prévio. Para além disto, a equipa editorial do AMO utiliza o guia de revisão para editores para garantir que o seu extra cumpre as linhas orientadoras específicas para funcionalidade e segurança.

Como eu envio meu extra para análise?

O painel de Ferramentas do programador permite que envie e submeta extras para o AMO. Deve ser um utilizador registado no AMO antes de poder enviar um extra. Antes de enviar o seu extra, tenha certeza de que leu o Guia de revisão para editores da Mozilla para garantir que seu extra atende aos critérios usados pelos editores para rever extras.

Que sistema operacional eu escolho para meu extra?

Você deve escolher os sistemas operacionais nos quais o seu extra funcionará com sucesso.

Que categoria eu devo escolher para o meu extra?

A escolha da categoria depende do tipo de audiência que você deseja alcançar e a funcionalidade do seu extra. Se você não tiver certeza de qual categoria você deve selecionar para seu extra, selecione "Outros". A equipe do AMO poderá recategorizar seu extra se for determinado que ele se encaixa melhor em uma categoria diferente.

O que significa "indicar" meu extra?

Os extras nomeados são extras que o autor nomeou para se tornarem públicos através das Ferramentas do programador.

Eu posso especificar um acordo de licença para usar com meu extra?

Sim. Você pode especificar um acordo de licença ao enviar um extra. Você também pode adicionar ou atualizar um acordo de licença usando a página Meus extras após o envio do seu extra.

Eu posso incluir uma política de privacidade no meu extra?

Sim. Você pode especificar uma política de privacidade ao enviar um extra. Você também pode adicionar ou atualizar uma política de privacidade usando a página Meus extras após o envio do seu extra.

Processo de análise de extras

Porque é que o meu extra tem de ser revisto?

Todos os extras submetidos, sejam novos ou atualizações, são revistos para assegurar que os utilizadores da Mozilla têm uma experiência estável e segura. Todas as submissões de extras são revistas de acordo com as diretrizes descritas no guia de revisão para editores.

Quem analisa meu extra?

Os extras são revistos pelos editores AMO, um grupo de talentosos programadores que se voluntariam para ajudar no projeto Mozilla revendo extras para garantir uma experiência estável e segura para os utilizadores da Mozilla. Quando comunicar com os editores, por favor seja cordial, paciente e respeitador pois eles estão a trabalhar arduamente para garantir que o seu extra está corretamente construído e segue as diretrizes descritas no guia de revisão para editores.

Quais são os critérios usados para analisar o meu extra?

A equipa editorial da Mozilla segue o guia de revisão para editores ao testar um extra para aceitação no AMO. É importante que os programadores de extras analisem este guia para garantir que áreas problemáticas frequentes são trabalhadas antes de submeter os seus extras para revisão. Isto irá tornar o processo de revisão mais expedito.

Quanto tempo levará para o meu extra ser analisado?

Nós não podemos informar um tempo estimado de espera até seu complemento ser analisado. Muitos fatores afetam o tempo de espera, incluindo:

  • número de envios de extras
  • complexidade do código do autor
  • número de problemas descobertos

É por isto que é muito importante ler o guia de revisão para editores para garantir que o seu extra está de acordo com o que é esperado. Também é uma boa ideia ler o artigo do blogue, ter sucesso na revisão do seu extra que dá uma ideia sobre uma revisão do seu extra sem sobressaltos.

Gerenciando seu extra

Como posso ver quantas vezes o meu extra foi descarregado?

O painel de estatísticas encontrado na página Meus extras oferece informações que podem ajudá-lo a determinar o número de downloads desde a data de envio do extra para o AMO.

Como posso ver quantos utilizadores ativos estão a utilizar o meu extra?

O painel de estatísticas disponível na página de Ferramentas do programador, fornece informações que podem ajudá-lo a determinar quantos utilizadores estão a utilizar o seu extra ativamente desde a data de envio do mesmo para o AMO.

Como submeto uma atualização para o meu extra?

Você pode enviar uma atualização do seu extra pela página "Meus extras" escolhendo a opção "Enviar uma nova versão" e enviando um novo arquivo .xpi para o seu extra.

A minha atualização precisa ser analisada pelos editores?

Depende. Se você estiver simplesmente alterando a descrição do seu extra ou atualizando a propriedade "maxVersion" para assegurar compatibilidade com novas versões das aplicações Mozilla, então seu extra não precisa ser analisado novamente. Entretanto, se você enviar um novo arquivo de atualização, então a atualização do seu extra deverá ser analisada por um editor.

Comentários do utilizador

Como eu posso responder a um utilizador que publicou uma análise negativa do meu extra?

Um programador pode responder qualquer análise publicada para o seu extra desde que esteja identificado no AMO. Além disso, qualquer utilizador pode denunciar uma análise como:

  • Spam ou caso contrário conteúdo não revisto
  • Idioma/diálogo inapropriado
  • Relatório de erro mal colocado ou pedido de ajuda
  • Outro (você poderá fornecer mais informações)

Atualmente o AMO não fornece um mecanismo de comunicação direta com o autor da análise, mas esse recurso está a ser considerado para uma atualização futura.

Eu posso solicitar que uma análise seja removida caso ela seja negativa?

Não. Nós não removemos análises negativas dos extras a menos que provem ser falsas.

Eu posso solicitar que uma análise seja removida caso ela seja imprecisa?

Se um autor entrar em contato conosco e pedir que uma análise contendo informações falsas ou imprecisas seja removida, nós analisaremos a postagem e consideraremos sua remoção.

Referências de licenças de código aberto

Precisa de mais informação sobre os vários tipos de licença de código aberto? Não sabe qual a licença que deve escolher? Que direitos uma licença especifica garante? Apesar de nada substituir a leitura de todos os termos de uma licença, em baixo estão alguns sites que contêm informação sobre algumas das licenças chave de código aberto, que podem ajudar a encontrar as diferenças entre as várias licenças. Estes sites são fornecidos apenas para sua conveniência e como uma referência para uso pessoal. Estes recursos não constituem aconselhamento legal nem devem ser utilizados como substituto desse aconselhamento. A Mozilla não garante nem é responsável pelo conteúdo destes sites ou pela sua confiança neste conteúdo.

https://www.mozilla.org/MPL/

Além do texto integral da Licença Pública Mozilla ("MLP"), isso também oferece uma versão comentada da MPL e um FAQ para ajudá-lo caso você queira usar ou distribuir código licenciado sob a MPL.

https://techbase.kde.org/Policies/Licensing_Policy

Uma tabela resumindo e comparando a distribuição, vinculação de software proprietário e redistribuição de código com alterações de algumas das principais licenças de código aberto.

http://www.gnu.org/licenses/license-list.html

A Free Software Foundation fornece resumos curtos das licenças de código aberto chave, incluindo se a licença se qualifica como uma licença de software gratuito ou licença de permissão de cópia (copyleft). Também inclui uma discussão sobre o que constitui uma licença de software gratuito ou uma licença de permissão de cópia (por exemplo, uma licença de permissão de cópia é um método geral para tornar um programa ou outro trabalho gratuito e requerer que todas as versões modificadas ou estendidas do programa sejam também gratuitas.)

http://opensource.org/licenses/category

A Open Source Initiative fornece os termos de algumas das principais licenças de código aberto.

https://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_free_and_open-source_software_licenses

Uma comparação de licenças de código aberto conhecidas na Wikipédia.

http://choosealicense.com/

Um site para fornecer indicações sem juízos de valor sobre a escolha da licença para o seu projeto de código aberto.